Bolsonaro diz palavrão em defesa da família


Durante reunião ministerial em 22 de abril, o presidente Jair Bolsonaro teria dito que sua família sofre perseguição no Rio e que, por isso, trocaria o chefe da superintendência da Polícia Federal. Fontes da  colunista Andréia Sadi consideram o vídeo do encontro "devastador". O material faz parte do inquérito sobre a suposta tentativa de interferência de Bolsonaro na PF, e foi exibido nesta terça-feira a pessoas envolvidas na investigação. 'Não vou esperar foder alguém da minha família. Troco todo mundo da segurança. Troco o chefe, troco o ministro', afirmou o presidente , de acordo com fontes que assistiram à gravação. O ex-ministro Sergio Moro disse que o vídeo 'confirma o conteúdo' do depoimento dado por ele e defendeu a divulgação da íntegra. A decisão cabe ao ministro do STF Celso de Mello.


Galeria de Imagens:



Fonte: G1 | Data: 13-05-2020 | Hora: 00:39:20
Atualizado: 13-05-2020 | Hora:00:39:20



Comentários: ( 1 )

  • marcos morello:

    Nenhuma surpresa. Linguagem de miliciano ditador. Heróii dos tolos e dos retardados! PATRIOTAS AO CONTRÁRIO. Bando de otários!

    Em:23-05-2020 10:36:09

    denunciar

Assíne a Newsletter

preencha os campos necessários e fique por dentro de tudo que acontece no aliastpadua.com.br